Estrada

Benfica e Sporting repartem títulos na Estrada

 Leoas são campeãs inéditas enquanto encarnados conquistam o penta

© Imagem: Jornal de Notícias

O Campeonato Nacional de Estrada realizou-se este ano no Jamor, numa parceria entre a Federação Portuguesa de Atletismo e a SportZone, denominada em «Corrida com os Campeões», de forma a que houvesse maior promoção ao evento, com uma empresa que está habituada a grandes iniciativas no panorama geral das corridas de estrada. O resultado foi um sucesso, de forma geral, onde a transmissão televisiva em direto, na RTP 2, aprimorou este sucesso.

Com partida e chegada no Estádio Nacional, e com o restante percurso pela Marginal de Oeiras, o dia soalheiro convidava a prática do desporto, e a ver os melhores de Portugal em provas de estrada.

A partida feminina arrancou 10 minutos antes que os atletas masculinos, e teve como vencedora a sportinguista Jéssica Augusto, com 33:14 minutos. Com as ausências de Sara Moreira e Dulce Félix, Jéssica conseguiu vencer folgadamente, com Catarina Ribeiro, atleta individual, em segundo lugar, e a benfiquista Marta Pen, em terceiro lugar.

O Sporting venceu coletivamente sem margem de dúvidas, com um 1º (Jéssica), 4º (Susana Godinho), 5º (Ana Mafalda Ferreira) e 7º (Daniela Cunha) lugares. O campeão em título, Benfica, não pontuou (não terminou com 4 atletas), devido às ausências de Vanessa Fernandes, Mónica Silva e Dulce Félix, deixando os restantes lugares do pódio para os clubes aveirenses, RD Águeda em segundo, e GRECAS (Vagos) em terceiro lugar.

Nos masculinos, a prova foi mais disputada, onde só ao oitavo quilómetro, Hélio Gomes, do Sporting, isolou-se para a vitória final, com 29:58 minutos. O sportinguista venceu o trio rival que o perseguia, Alberto Paulo (2º), Samuel Barata (3º) e Hermano Ferreira (4º), por oito segundos.

Apesar da aposta forte no mercado de transferências, o Sporting não conseguiu vencer a primeira prova do ano, e o Benfica sagrou-se penta-campeão com o 2º (Alberto), 3º (Samuel), 4º (Hermano) e 9º (João Pedro Silva) lugares. O Maia Atlético Clube, mais uma vez, voltou a fechar o pódio nacional, que se repete desde 2015.





 Informação

15
Janeiro 2017


22h41


José Fontes



422 visualizações