Nelson Évora Sporting CP

  Informação Pessoal

Nelson Évora


33 anos SEN

Nasceu a 20 de Abril de 1984
Saltos
  Recordes   Resultados   Biografia

 Títulos Internacionais

  5


  1


  2


 Biografia

Atualizado às 10:31 de 11/05/2016


Nelson Évora nasceu na Costa do Marfim, a 20 de abril de 1984. Filho de pai cabo-verdiano e mãe costa-marfinense, acabou por ficar com nacionalidade cabo-verdiana.

Iniciou-se no Salto em Altura!

Vizinho de João Ganço (seu treinador actual), foi convidado a praticar atletismo, aquando bincava num parque em Odivelas. Aos 10 anos, ingressa no Odivelas Futebol Clube, e como benjamim salta 1,64m no salto em altura (...) quando ele próprio media pouco mais de 1,40m!

Não demorou muito tempo para que o Sport Lisboa e Benfica o convidasse a ingressar no clube. Em infantil, melhora o seu recorde pessoal no salto em altura para 1,75m e no salto em comprimento, faz 5,50m. Como iniciado, atinge uma espetacular marca no salto em altura: 1,98m, no salto em comprimento faz 6,46m e, numa primeira abordagem ao triplo salto, salta 14,35m.

Opção pelos Saltos Horizontais

Aos 15 anos, uma grave lesão num joelho fez-lhe ter medo do salto em altura, mudando-se apenas para os saltos horizontais. Em juvenil, Nelson salta 7,55m no comprimento e 16,15m no triplo salto. Representa pela primeira vez Portugal no Festival Olímpico da Juventude Europeia, trazendo logo uma medalha de ouro na prova de salto em comprimento.

Em 2002, naturaliza-se português, depois de completar 18 anos e começa logo a inscrever o seu nome nos recordes nacionais portugueses, após a sua transferência para o Futebol Clube do Porto.

Brilhando nos grandes palcos internacionais

Em 2004, voltou para o seu clube de coração, o Sport Lisboa e Benfica, mas foi um ano marcado por uma lesão que quase impedia a sua primeira presença nos Jogos Olímpicos de Atenas. No entanto, fez uma recuperação fantástica a tempo de participar, só não conseguindo chegar à marca de acesso à final.

Em 2005, conquistou a medalha de bronze no triplo-salto com 16,89 metros, no Campeonato da Europa Sub-23 em Erfurt (Alemanha) e participou no Campeonato do Mundo em Helsínquia, falhando a qualificação para a final por poucos centímetros ao ser 14.º nas eliminatórias. Durante esta época, Nelson volta a dar um “saltinho” ao salto em altura, para ajudar colectivamente o Benfica no campeonato de sub-23, e consegue passar 2,07m sem qualquer treino específico!

Vários Recordes Nacionais em 2006

Em 2006, Nelson bate o recorde nacional pertencente a Carlos Calado e fica durante algumas semanas como líder mundial com a marca de 17,19m. Em Moscovo, Nelson participaria ainda no Campeonato do Mundo em Pista Coberta, no qual alcançou o sexto lugar. Também em 2006, esteve no Campeonato Europeu em Gotemburgo acabando em quarto lugar no triplo-salto com a marca de 17,07 metros (na eliminatória tinha feito 17,23- novo recorde nacional). Ficou ainda em sexto no salto em comprimento com a marca de 7,91 metros.

O topo do Mundo

No ano de 2007, Nelson participou no Campeonato Europeu em Pista Coberta em Birmingham no triplo salto, no qual obteve o 5.º lugar. Nessa competição, Nelson lesionou-se logo ao primeiro ensaio, tendo ficado impossibilitado de lutar pelo pódio, algo que já seria expectável. Torna-se pela primeira vez, presença regular nos maiores meetings do circuito europeu e, em Madrid, fixa novo recorde nacional em 17,51m. Em Agosto, nos Mundiais de Osaka, Nelson Évora entra para a história, sagrando-se campeão do Mundo de triplo salto, atual recorde nacional.

O título Olímpico

No ano de 2008, Nelson Évora apontou desde logo os Jogos Olímpicos como o seu grande objectivo da época pelo que encarou os Mundiais de Pista Coberta em Valência como uma mera fase, classificando-se em terceiro lugar longe das marcas usuais (17,27m). Até ao Jogos Olímpicos, Nelson foi-se aproximando da forma ideal e em Pequim realizou um dos seus sonhos de criança: ser Campeão Olímpico, com 17,67m.

As derrotas, as lesões e no fim, a vitória!

Em 2009, Nelson Évora dispensou de participar no Campeonato Europeu de Pista Coberta para poder preparar melhor a época de Verão. Mas nos Campeonatos do Mundo de Berlim, Nelson apenas conseguiu a prata, ficando-se pelos 17,55m.

Depois de um período preenchido por várias lesões, que ameaçavam que Nelson não voltaria a ser o atleta que havia sido, foi em 2015 (6 anos depois), que Nelson volta às medalhas internacionais, com o título de Campeão da Europa de Pista Coberta, no Triplo Salto, o seu primeiro título europeu como Sénior.


Resumo

2001 - Ouro no Salto em Comprimento do FOJE (Festival Olímpico da Juventude Europeia)
2003 - Ouro no Salto em Comprimento e Triplo Salto do Campeonato da Europa de Juniores
2004 - Bronze no Triplo Salto do Campeonato da Europa de Sub23
    Estreou-se nos Jogos Olímpicos, em Atenas 2004, no Triplo Salto, ficando-se pela qualificação
2007 - Ouro no Triplo Salto do Campeonato do Mundo de Osaka, com 17,74 (atual Recorde Nacional)
2008 - Ouro no Triplo Salto dos Jogos Olímpicos de Pequim, com 17,67 metros.
2009 - Ouro no Triplo Salto das Universíadas de Verão em Belgrado
    Prata no Triplo Salto do Campeonato do Mundo de Berlim.
2015 - Ouro no Triplo Salto do Campeonato da Europa de Atletismo de Pista Coberta, em Praga.

Fontes:
http://wikipedia.pt/
Nelson Évora Official Website.


Atualizado às 10:31 de 11/05/2016